NOSSA FAN! CURTA E CLIQUE

Pastor faz culto ao som de música secular e diz: “Não podemos ser esquisitos”

Depois de chamar a atenção da imprensa por incentivar jovens a andar com cruzes de madeira pela cidade, o pastor Filipe Falcão, 26 anos, líder do movimento Onda Dura, voltou a ser notícia pela forma diferente como coordena os cultos de jovem em Joinville (SC).

Lipão, como é mais conhecido pelo seu público, faz cultos bem diferentes, colocando para tocar bandas como Coldplay, Chico Buarque e Jota Quest que não fazem parte do farto mercado gospel que tem representantes de todos os estilos musicais.
Essa é apenas uma das diversas diferenças que o pastor resolveu adotar em seu ministério que atrai cerca de três mil pessoas. “Não queremos ser mais uma igreja, o segredo é ser uma igreja diferente. Não podemos ser esquisitos no mundo real”, disse ele.
Sua justifica para essas e outras escolhas que fogem do que vemos até mesmo em igrejas modernas é que ele não tem uma imagem de jovem só para atrair público, mas sim porque ele é jovem.

Lipão tem tatuagens e alargadores e se comporta como um jovem de 26 anos. “Não tenho essa imagem para tentar alcançar o jovem. Tenho essa imagem porque sou jovem”.
Sobre a música secular sendo tocada nos cultos ele rebate: “Jesus não ouvia música cristã, não ia às festas cristãs, tampouco só conversava com cristãos”.
Tamanha liberdade tem atraído gays e usuários de drogas para o ministério Onda Dura, público que não é obrigado a mudar de vida para continuar participando das reuniões.

“Apenas pregamos o que está na Bíblia. Ela reprova essas atitudes, sim, mas ninguém aqui vai falar ‘você é pior do que eu’. Se alguém chegar para mim e falar ‘sou gay, fumo maconha e não quero mudar’, respondo: ‘Beleza, pode continuar’. Não é uma pegada de imposição”, disse Lipão ao site Último Segundo.

FONTE: GOSPEL PRIME. VIA NP!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícia Pentecostal agradece o contato! Curtam nossa Fan Page! A paz...