NOSSA FAN! CURTA E CLIQUE

Padres e pastores se negam a abençoar casamento coletivo com casal gay! COMENTEM.

No sábado aconteceu em Itajaí (SC) o tradicional casamento coletivo da cidade, uma cerimônia realizada há oito anos, mas que pela primeira vez teve a união civil de um casal gay.
Padres e pastores que geralmente participam da cerimônia abençoando os casais não quiseram participar e o assunto gerou polêmica na imprensa local.
Essa foi a primeira vez que a cerimônia foi apenas civil, dois juízes de paz uniram os 73 casais que participaram do evento anual e apesar da falta da bênção religiosa, o evento foi bastante emocionante para os noivos e seus familiares.
Um dos pastores convidados para dar a bênção aos noivos foi Adael Santos que realizou no ano passado o casamento de 74 casais. Porém este ano ele se negou a participar. “Este ano entre os casais há um relacionamento homossexual e por isso não haverá cerimônia religiosa. Nenhum pastor ou padre aceitou fazer”, disse ele no Facebook.
Casal homossexual que participou do casamento coletivo.
Casal homossexual que participou do casamento coletivo.
Ao jornal Diarinho, que circula na cidade, Santos explicou que padres e pastores seguem a Bíblia e que ela condena a relação homossexual. “Deus criou o homem e, de uma costela dele, criou a mulher. Este é o modelo de casal que ele abençoa, homem com mulher”, disse o pastor.
A diretora de Políticas Temáticas da Prefeitura e organizadora do casamento coletivo, Cristiane Stuart, disse que a inscrição do casal gay gerou polêmica no órgão e até sugeriram realizar um evento separado para não alterar a cerimônia que já faz parte do calendário de atividades da cidade.
 que fosse organizado um evento separado, mas não aceitamos. São todos iguais. Casam todos juntos”, disse Cristiane. “Não vamos deixar de aceitar casais homossexuais por causa disso”, afirma ela.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícia Pentecostal agradece o contato! Curtam nossa Fan Page! A paz...