NOSSA FAN! CURTA E CLIQUE

Dilma lança programa que minimiza abuso sexual infantil; Malafaia critica: “PT defende a pedofilia”

O governo da presidente Dilma Rousseff (PT) lançou um programa chamado Humaniza Redes, que em tese seria voltado para o combate ao preconceito, ofensas, discriminação e intolerância nas redes sociais.
No entanto, a página do programa no Facebook publicou uma imagem com texto extraído da Cartilha Educativa de Campanha de Prevenção à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, em que suaviza e relativiza a pedofilia, afirmando que as relações sexuais entre adultos e menores de idade nem sempre são criminosas.
Na imagem – que foi apagada -, intitulada “Mitos e Verdades Sobre a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes”, o programa Humaniza Redes dizia que é um mito o pensamento de que “toda pessoa que abusa de uma criança ou adolescente é pedófilo”.
De acordo com o programa, “nem todas” as pessoas que abusam de crianças e adolescentes são pedófilas: “A pedofilia é um transtorno de personalidade caracterizado pelo desejo sexual por crianças pré-púberes, geralmente abaixo de 13 anos. Para que uma pessoa seja considerada pedófila, é preciso que exista um diagnóstico de um psiquiatra. Muitos casos de abuso e exploração sexual são cometidos por pessoas que não são acometidas por esse transtorno. O que caracteriza o crime não é a pedofilia, mas o ato de abusar ou explorar sexualmente uma criança ou um adolescente”.
O jornalista Rodrigo Constantino publicou, em sua coluna no site da revista Veja, um artigo sobre o tema e criticou severamente a iniciativa do programa Humaniza Redes: “É asqueroso! Essa gente tenta tratar pedófilo como uma pobre vítima, alguém que ‘apenas’ tem desejo por menores, e que não necessariamente quem abusa de menores é pedófilo. Mas quem acompanha a agenda ‘progressista’ mais de perto não fica surpreso. É isso mesmo que essa gente indecente quer: quebrar todos os ‘tabus’, liberar geral, estimular hedonismo irresponsável e encarar doentes como normais, já que pretendem destruir o conceito de normalidade. É tudo parte da pauta, para quem não sabe”, afirmou.
O pastor Silas Malafaia também se manifestou sobre o tema em seu Twitter: “Nada como um dia após o outro. Secretaria dos Direitos Humanos do gov. do PT defende a pedofilia […] Para o PT, abusar de uma criança não é pedofilia, só se o psiquiatra diagnosticar. Isso é o que então? Cambada de canalhas!”, disparou, antes de criticar também a imprensa pela falta de cobertura do caso. “Cadê a imprensa esquerdista? Não vão denunciar o absurdo da Secretaria dos Direitos Humanos do PT, dominada pelo ativismo gay, que apoia a pedofilia?”, questionou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícia Pentecostal agradece o contato! Curtam nossa Fan Page! A paz...