NOSSA FAN! CURTA E CLIQUE

Hernanes se inspira em Jesus para 'mudar o próprio mundo' nos próximos três anos

Jogador do Inter de Milão, Hernanes encara a próxima temporada do Campeonato Italiano com grande expectativa. O brasileiro é visto como um dos principais líderes do reformulado elenco, e se tornou peça-chave da equipe italiana. O desejo do clube de retornar aos holofotes coincide com a meta pessoal de Hernanes. Aos 30 anos, ele se espelha em Jesus Cristo: quer mudar sua história até completar 33.
"Todo mundo fala da idade. Nunca achei 30 anos uma idade elevada. Me vejo chegando ao auge da carreira com 30 anos. Faço ainda uma comparação com Jesus, que eu procuro seguir sempre. Jesus, aos 30 anos, começou a sua caminhada. Em três anos, ele mudou a história do mundo e da humanidade. Quero mudar a minha história e o meu mundo nos próximos três anos", declarou.
Desbancar o Juventus, conquistar o sonhado título da Liga dos Campeões e participar de mais uma Copa do Mundo são alguns dos “milagres” que o “Profeta”, apelido recebido no Brasil e que ainda faz sucesso na Itália, espera realizar.
Antes de alcançar as próximas metas, ele acredita que tudo o que viveu já foi um milagre, citando uma frase de Albert Einstein. "Há uma frase dele que diz: 'Há duas formas para viver a vida: uma é acreditar que não existem milagres; a outra é acreditar que todas as coisas são milagres'. Eu sou da segunda turma e vejo todas as minhas conquistas como milagres, algo acima da média. Porque quando você vive na média, na zona de conforto do ser humano, você não conquista nada. Então cada conquista na minha vida eu considero e levo como um milagre."
Não é porque sua vida irá mudar até os 33 anos, que Hernanes irá parar aos 33. "Na verdade, Jesus Cristo, aos 33 anos, ressuscitou e aí sim começou a fazer história. Se eu conseguir realizar tudo o que eu penso... Ainda quero desfrutar muito mais da minha carreira", disse o jogador.

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícia Pentecostal agradece o contato! Curtam nossa Fan Page! A paz...