NOSSA FAN! CURTA E CLIQUE

Silas Malafaia critica pastores “esquerdopatas”

No último sábado (25) o pastor Silas Malafaia criticou os pastores que defendem os ideais da esquerda e que criticam o posicionamento dos parlamentares cristãos que lutam contra os principais pontos desse idealismo.
O apresentador do Programa Vitória em Cristo chamou esses líderes de “esquerdopatas gospel” refutando a ideia de que o casamento gay é um direito civil, uma vez que o artigo 226 da Constituição Federal só entende como casamento a união entre um homem e uma mulher.
Com base nos argumentos listados pelos pastores, que também se mostram favoráveis ao aborto, Malafaia lembrou que pela lei maiores de 18 anos podem fumar e maiores de 14 anos podem ter relações sexuais, questionando se esses mesmos líderes apoiarão tais atitudes com a justificativa de serem “direitos civis”.
“Eu não sei como tem povo que é membro da igreja deles”, diz o pastor presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Para ele, se posicionar contra a Bíblia é se conformar com o mundo e é isto que Paulo pede para que nós, cristãos, não façamos. 
Silas Malafaia foi direto com sua resposta, citando trechos de uma entrevista publicada pela Carta Capital com nomes como Carlos Bezerra Jr. , pastor da igreja Comunidade da Graça, Levi Correa e Ed René Kivitz, ambos da Igreja Batista da Água Branca (SP) e da pastora Ester Leite Lisboa, da Igreja Anglicana que se posicionaram contra as colocações que Malafaia faz nas redes sociais e também na TV.
Sobre a fala de Kivitz a respeito um deputado evangélico não representar os evangélicos durante seu mandato, Malafaia afirmou que o Estado é laico, mas o Parlamento não o é, pois representa o povo.
“Eu queria dizer que a política não é laica porque ela representa as ideias do povo”, afirmou citando a Constituição Federal.
Quando é chamado de fundamentalista, o religioso rebate: “A sua ideologia está fracassada porque ela quer se conformar com o mundo e o Reino de Deus está aqui para contrariar o status quo da sociedade afastada de Deus. Nós estamos aqui para manifestar o cristianismo em qualquer lugar, não queremos obrigar ninguém a ser cristão”.
Falando diretamente contra o regime comunista e seus defensores, Malafaia mandou um recado direto para os cristãos para tomarem cuidado com esses discursos “intelectualizados” que negam a eficácia do Evangelho.
Antes de encerrar, Malafaia ainda pede para que esses mesmos pastores que apoiam o casamento gay e o aborto para que apoiem as relações sexuais antes do casamento e os vícios de droga e cigarro e finaliza dizendo: “Vocês têm que se converter de novo ou entregar a credencial de pastor para ser um esquerdopata que é isso que vocês precisam ser. Está lendo muito Nietzche, meu filho!”, ironiza.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícia Pentecostal agradece o contato! Curtam nossa Fan Page! A paz...