NOSSA FAN! CURTA E CLIQUE

Malafaia diz que voz de entidades sociais está “abafada pelo bolso do PT” e pede prisão de Lula

A abrangência da corrupção envolvendo as instituições brasileiras, tanto governamentais quanto sociais, tem causado perplexidade ao país. A constatação de que, a representatividade de muitas entidades, que antes representavam única e exclusivamente os interesses do povo, e hoje se resume ao projeto de poder esquerdista, foi apontada pelo pastor Silas Malafaia como motivo de piada.

De acordo com o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), entidades como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), União Nacional dos Estudantes (UNE) e Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) já não possuem mais idoneidade por terem se curvado à corrupção.
“Não dá para ouvir a voz da UNE porque está abafada no bolso do PT. Não dá para ouvir a voz do MST porque está abafado (sic) pelo bolso do PT. Não dá para ouvir a voz da CUT porque está abafada pelo bolso do PT. Não dá para ouvir a voz da ABGLT porque está abafada pelo bolso do PT. Segura! Kkkkkkk”, escreveu Malafaia em seu perfil no Twitter.

O posicionamento de Malafaia, obviamente, suscitou a ira de internautas alinhados ideologicamente com o Partido dos Trabalhadores e/ou as entidades mencionadas, e mais uma vez, bem ao seu estilo, o pastor retrucou: “Os incoerentes fiquem à vontade para xingar e difamar. Só posso fazer o seguinte a respeito de vocês kkkkkkkkk”, disse, acrescentando que considera “divertido ver a raiva deles”.
Zé Dirceu
A prisão na última segunda-feira, 03 de julho, do ex-deputado federal e ministro José Dirceu (PT) por envolvimento no esquema de corrupção da Petrobrás evidenciou o que o juiz Sérgio Moro, que comanda a Operação Lava-Jato, classificou como “um quadro de corrupção sistêmica”, capitaneado pelo PT, de acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

José Dirceu foi preso, agora só falta o chefão,LULA LÁ!
Para Moro, perante as provas conseguidas até aqui através de investigações e delações premiadas, é possível concluir que os “ajustes fraudulentos para obtenção de contratos públicos e o pagamento de propinas a agentes públicos, bem como o recebimento delas por estes, passaram a ser pagas como rotina e encaradas pelos participantes como a regra do jogo”. Trocando em miúdos, “algo natural e não anormal”.
O esquema de corrupção atualmente sob investigação – e o anterior, o mensalão – servia ao propósito estabelecido pelo PT e outros partidos de esquerda da América Latina no Foro de São Paulo, fundado na década de 1990, para a chegada ao poder e a permanência no comando dos países.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícia Pentecostal agradece o contato! Curtam nossa Fan Page! A paz...