NOSSA FAN! CURTA E CLIQUE

PAI: UM HERÓI DA VIDA REAL?

Em meio aos dilemas da sociedade, a figura paterna tenta se manter como exemplo de força e segurança
Para os filhos, um exemplo de força e segurança a ser seguido, tornando-se heróis do cotidiano. A figura paterna busca superar a cada dia os dilemas e dificuldades da sociedade contemporânea, dentre eles a inversão dos valores éticos e morais e o enfraquecimento dos vínculos emocionais, para se reafirmar como influência positiva no processo de formação de crianças e jovens.
Segundo o administrador Reinaldo Mendes, pai de três filhas, uma das alegrias de ser pai é sentir que a criança depende dele, enxergando-o como modelo, até mesmo um herói. “Mas, para manter essa imagem o pai tem que seguir princípios, com muito amor. É bom sentir que o filho deposita toda confiança no pai”, afirma.

Mas, até que ponto um pai pode ir para proteger os filhos de uma situação de risco, tanto físico, quanto emocional? Há limites para livrá-los do perigo iminente? Reinaldo diz não ter passado ainda por nenhuma situação desta natureza, mas garante que não hesitaria, se preciso fosse: “Tenho certeza que faria tudo para defender e salvar um filho de qualquer problema”.

No longa-metragem “Antes que seja tarde”, lançado no Brasil pela Graça Filmes, esta questão surge a partir da tentativa de resgate de uma menina vendida a uma organização criminosa responsável pelo tráfico de pessoas na Índia. Após pedir ajuda e ter o seu pedido negado por um jovem de vida farta que estava de passagem por aquele país, um pai desesperado vende a filha na esperança de lhe proporcionar uma vida melhor, longe das condições desumanas das castas inferiores da sociedade indiana.
Enquanto no filme são exigidas atitudes extremas do pai para proteger sua filha, qual o papel diário da figura paterna no atual modelo familiar? De acordo com a pedagoga Cláudia Motta, devido às dificuldades da vida moderna, muitos pais estão ausentes da educação dos filhos, deixando a cargo da escola e das mídias a parte mais importante: a formação educacional. “Com isso, a figura do pai em muitas famílias deixou de ser um exemplo de homem de caráter que representa a força e a segurança”, explica.
Cláudia atribui a alguns “entraves” a difícil tarefa de educar para o pai contemporâneo. “Vemos uma tendência de pais modernos que ajudam e participam diretamente da educação dos filhos. Entretanto, a má administração do tempo desses pais, uma vez que a manutenção do padrão de vida mais confortável exige uma carga horária de trabalho, compromete a participação deles na maioria das atividades dos filhos. Falta também compromisso e responsabilidade para alguns homens em relação à educação”, afirma.
Segundo a profissional, uma séria e incontrolável ameaça é o acesso às mídias digitais sem acompanhamento, pois “elas oferecem informações e caminhos que, em alguns casos, são extremamente perigosos para a formação dessas crianças e jovens”. Cláudia Motta também alerta quanto às principais ameaças à relação entre pai e filhos. “Quando um indivíduo não vê em seu pai uma referência de educação e de comportamento, dificilmente irá respeitá-lo. Um filho não obedece um pai que não tem autoridade sobre ele. E autoridade não se impõe, se conquista com amor e exemplo”, conclui.

Ficha técnica:
Antes que seja tarde (Not today)
Drama, 2013, 102 min.
Roteiro/direção: Jon Van Dyke
Elenco: Cody Longo, Walid Amini, John Schneider, Cassandra Scerbo, Wilson Bethel, Justin Baldoni, Shari Rigby, Persis Karen.

* Clique aqui e assista ao trailer do filme.

Por: Leonardo Sousa
Fonte: Graça Filmes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícia Pentecostal agradece o contato! Curtam nossa Fan Page! A paz...