NOSSA FAN! CURTA E CLIQUE

"Quem compra do crime não é criminoso?", questiona Magno Malta sobre legalização das drogas para uso.

Na última quinta-feira (20), o senador Magno Malta(PR - ES) compartilhou um vídeo em sua página oficial do Facebook, no qual comentou o julgamento no Supremo Tribunal Federal que pode levar à legalização de drogas para consumo.
Diferente do que era aguardado ansiosamente por alguns e temido por tantos outros, a decisão ainda não tomada em definitivo na sessão da última quinta-feira.
Apesar disso, a leitura do voto do ministro Gilmar Mendes preocupou a muitos dos que têm se posicionado contra descrininalização do uso de drogas. Exemplo foi o próprio senador, que criticou o posicionamento e o discurso ainda vago do ministro.
"O ministro Gilmar Mendes diz que não é crime portar pequenas quantidades de drogas. [...] Mas esta quantidade ele não especifica. Então fica legalizado uso da maconha, da cocaína, de qualquer tipo de droga... isso é meio esquisito", disse.
Apoiador do Movimento "Maconha Não", liderado pela psicóloga cristã Marisa Lobo, Malta também questionou que o uso das drogas ilícitas sustenta a atividade ilegal e criminosa, que é a venda destas.
"No Brasil não é assim? Quem compra um carro roubado - para uso ou para desmanche - depois de preso, não é considerado também um ladrão? É assim que a lei trata. E na questão das drogas? Onde é que se compra isso? Nas farmácias, nos restaurantes, no shopping? Não! É comprado da mão do contraventor, do bandido. Quem compra do crime não é criminoso?", questionou.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícia Pentecostal agradece o contato! Curtam nossa Fan Page! A paz...