NOSSA FAN! CURTA E CLIQUE

"Vamos infernizar essa bancada evangélica?", propõe Gregório Duvivier nas mídias sociais

Na última terça-feira (18), o ator, humorista e colunista Gregório Duvivier declarou 'guerra' mais uma vez contra a bancada evangélica - especificamente a que atua no Rio Estado do Rio de Janeiro. O protesto do carioca é contra o Projeto de Lei 540/2015, que visa criminalizar "manifestações públicas, sociais, culturais e/ou de gênero que façam uso da satirização, ridicularização e /ou toda e qualquer outra forma de menosprezar ou vilipendiar dogmas e crenças de toda e qualquer religião".
O projeto é de autoria do deputado estadual Fábio Silva (PMDB - RJ).
Em uma postagem feita em seu perfil oficial do Twitter, o ator propõe que a bancada evangélica do RJ seja "infernizada" por apoiar a proposta.

"O Rio não pode virar uma ditarura crente [...] Vamos infernizar essa bancada evangélica carioca?", disse o ator.
A postagem que também recomendava o link de um texto escrito pelo ator, foi reproduzida pelo deputado federal e ex-BBB, Jean Wyllys (PSOL - RJ).

Justificativa

Segundo o deputado, o Projeto de Lei se justifica por recentes fatos, nos quais elementos religiosos foram usados em manifestações, como por exemplo, a recente performance de um transexual que se colocou seminua em uma cruz, durante a 19ª Parada do Orgulho LGBT.
"A 19ª Parada do Orgulho LGBT, realizada no dia 07 de junho em São Paulo chocou o país como um todo. Não só pela passeata em si, mas pelo desrespeito e intolerância religiosa que ficou evidente na infeliz encenação da crucificação de Jesus por um transsexual", disse parte do texto.]

Incômodo
Fato é que a nova proposta do deputado estadual carioca criminaliza uma prática comumente usada por Gregório em seus vídeos junto ao grupo "Porta dos Fundos".
A quantidade de vídeos nos quais religiões - principalmente o cristianismo - são satirizadas já é consideravelmente grande.
Caso o Projeto de Lei seja realmente aprovado, seguindo o processo legislativo, o ator seria um dos artistas sujeitos a processos criminais (se vier a desrespeitar a nova lei).
Segundo o site da Assembleia Legislativa do RJ, o projeto chegou à Comissão de Consituição e Justiça do Estado, mas foi "devolvido para a Ordem do Dia",na última segunda-feira (17).
 

Fonte: Guiame

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícia Pentecostal agradece o contato! Curtam nossa Fan Page! A paz...