NOSSA FAN! CURTA E CLIQUE

“Deus me inspira. Faço orações”, diz autora de “Os Dez Mandamentos” sobre histórias bíblicas

A novela “Os Dez Mandamentos” chega ao fim nesta segunda-feira (23) na Record. Sem substituta, a trama bíblica está sendo sucedida pela reprise da minissérie “Rei Davi” e, depois dela, entra a de “José do Egito”. Isso até a segunda temporada de “Mandamentos” ficar próxima.
A autora das histórias bíblicas, “Vivian de Oliveira”, escreveu boa parte dos textos, e trabalha dez horas diárias para criar os textos da continuação. Sobre a possibilidade da criatividade acabar, a dramaturga afirma que tem um “trunfo”, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo.
“Acredito muito que Deus inspira, faço orações. E tem a pesquisa e o planejamento, as ideias são suadas, também, você precisa trabalhar em cima delas. Elas não surgem do nada”, conta ela, que é protestante e frequenta a Nova Igreja, para onde vai diariamente aos cultos das manhãs.
Em “Os Dez Mandamentos”, Vivian conta com dez colaboradores: roteiristas, historiadores, teólogos e especialistas em cultura hebraica. Ela está na Record desde 1992, quando conseguiu uma vaga de estágio, começando como roteirista do programa “Sinal de Vida”, de Ronnie Von.
"Os Dez Mandamentos" teve histórias criadas por Vivian (Foto: Divulgação)
“Os Dez Mandamentos” teve histórias criadas por Vivian (Foto: Divulgação)
Na teledramaturgia, ela começou na minissérie criminal “Por Amor e Ódio” (1997), protagonizada por Gabriel Braga Nunes. Depois, foi roteirista do “Show do Tom”, de Tom Cavalcanti, e colaboradora de “Os Mutantes” (2008). Depois, assinou “A História de Ester”, em 2010.
Apesar das histórias serem inspiradas na Bíblia, ela cria personagens, como Yunet (Adriana Garambone). A novelista explica que não teme uma saturação do público: “Acho que há uma expectativa. As pessoas gostam muito da história, de visualizar como as situações aconteceram.”

Fonte: O TV FOCO.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícia Pentecostal agradece o contato! Curtam nossa Fan Page! A paz...