NOSSA FAN! CURTA E CLIQUE

Morre jornalistas e comentaristas famosos na queda do avião da Chapecoense

O avião que transportava a delegação da Chapecoense, para Medellín, local do primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, sofreu um acidente em Cerro Gordo, nas cercanias da cidade de La Unión, na madrugada desta terça-feira. Segundo o General José Acevedo Ossa, da polícia local e responsável pelo resgate, há 76 mortos e cinco sobreviventes.
No voo estavam 81 pessoas, incluindo 72 passageiros e nove tripulantes. Não há confirmações sobre quem são as vítimas. O que se sabe é que a aeronave também levava 21 jornalistas brasileiros que cobririam a partida contra o Atlético Nacional (COL).Entre os passageiros estavam profissionais da FOX Sports, de rádios, da Globo, da RBS (afiliada da Globo no Sul), e do site Globo Esporte. Entre os nomes mais conhecidos estavam o repórter Victorino Chermont, o narrador Deva Pascovicci e os comentaristas Paulo Julio Clement e Mário Sérgio, todos do canal FOX Sports. As informações são da jornalista Keila Jimenez, do portal R7.

Vale lembrar que o técnico do time, Caio Junior de 52 anos também estava no voo. Curiosamente, ele disse em sua última entrevista que estava muito feliz com a campanha da Chapecoense e que casso morresse, morreria feliz.
Segue abaixo a lista dos jornalistas que tinham lugar reservado no voo:

Victorino Chermont (Fox Sports)
Rodrigo Gonçalves (Fox)
Devair Paschoalon conhecido como Deva Pascovicci ( narrador da Fox)
Lilacio Júnior (Fox)
Paulo Clement (Fox Sports)
Mario Sergio Paiva (Fox Sports e ex-jogador)
Guilherme Marques (Globo)
Ari Júnior (Globo)
Guilherme Laars (Globo)
Giovane Klein (RBS- afiliada da Globo)
Bruno Silva (RBS)
Djalma Neto (RBS)
André Podiacki (RBS)
Laion Espindula (Globo Esporte)
Rafael Henzel
Renan Agnolin
Fernando Schardong
Edson Ebeliny
Gelson Galiotto
Douglas Dorneles


Jacir BiavattiMovimentação é intensa nos hospitais, à espera de feridos no acidente da Colômbia


A aeronave, com matrícula CP2933, deveria ter pousado em Medellín às 21h33 (0h33 pelo horário de Brasília), mas perdeu contato com a torre de controle quando sobrevoava o município de La Ceja. O avião, que havia feito escala no aeroporto de Viru Viru, em Santa Cruz (Bolívia), relatou “falhas elétricas”, segundo o primeiro comunicado do aeroporto de Medellín.(Foto: Reprodução)
A LaMia (Línea Aérea Mérida Internacional de Aviación) é uma companhia de aviação que foi inicialmente constituída na Venezuela no ano de 2009 e depois mudou sua sede para a Bolívia (Santa Cruz de la Sierra). A empresa vem sendo desenvolvida para voos não regulares (charter), com o objetivo de permitir o desenvolvimento de atividades no país e no exterior, com aeronaves de grande porte – de passageiros e de carga.
Tragédias aéreas já marcaram a história do futebol, com acidentes como o de Superga, que dizimou a equipe do Torino, em 1949, e a quedado avião do Manchester United perto de Munique, em 1958.


FONTE: OTVFOCO/ R7/ O GLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícia Pentecostal agradece o contato! Curtam nossa Fan Page! A paz...