SE INSCREVE NO CANAL BNT

SE INSCREVE NO NOSSO CANAL:

Rapaz que viralizou por pagar almoço para criança em shopping é preso por estelionato

Rio - O jovem que viralizou nas redes no ano passado por ter brigado com segurança para pagar almoço para criança foi preso na última sexta-feira em Porto Seco Pirajá, em Salvador, na Bahia. Bruno Kaíque Santana Santos, 19 anos, foi detido dentro da agência do Banco do Brasil, realizando saques com cartão e identidade falsos em nome Caíque do Céu Oliveira. A prisão foi feita por equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Segundo o diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão, Bruno utilizava também o nome Caíque Santos Félix que, inclusive, foi apreendido um cartão da Caixa Econômica com este cadastro. “O gerente já estava desconfiando do crime pela frequência dos saques. Hoje, ele só aceitou que Bruno saísse após a chegada da polícia”, disse. Além dos cartões dos bancos e RG falsos, R$2.990 também foi apreendido. De acordo com a agência bancária, a conta já havia movimentado saques de R$ 26 mil. Para a polícia, Bruno disse que foi induzido ao crime por um agiota, a quem ele deveria dinheiro. O caso está sendo investigado pelo Draco.
   

Relembre o caso:

No dia 12 de junho de 2018, o segurança de um shopping em Salvador, na Bahia, tentou impedir kaique de pagar um almoço para um menino e causou indignação em quem estava na praça de alimentação. Kaique Sofredine estava no Shopping da Bahia com sua esposa e sócia, conforme informou à época, quando foi abordado por um menino vestindo a camisa do Esporte Clube Vitória, vendendo chicletes, que reclamou estar com fome.
"Você quer mesmo comer?" perguntou o homem. O menino disse que sim e Kaique foi ao balcão pedir a refeição. Foi quando um segurança do shopping começou a tentar impedir a ação. Segundo uma testemunha, o homem disse que o menino não podia estar ali incomodando. Kaique retrucou que não estava sendo incomodado.
Após a chegada de um supervisor, finalmente Kaique conseguiu comprar o almoço para o menino. Ao final da refeição, o menino foi acompanhado por Kaique até a saída do shopping.
Em nota de posicionamento, o Shopping da Bahia pediu desculpas pelo ocorrido. O empreendimento decidiu afastar o profissional envolvido de atividades relacionadas a atendimento ao público para trabalhar a sua reabilitação.
Após a repercussão do caso, no ano passado, o menino foi ajudado e matriculado em uma escola da rede pública de ensino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Brasil Notícia e tv agradece o carinho, fique ligado em nosso blog.

add